Cobertura SeIS.15 – Oficina de Direção de Arte, com Anna Kuhl

Como parte das atividades na 15ª SeIS – Semana da Imagem e Som,  foi realizada nos dias 13 e 14 de abril a oficina de Direção de arte, ministrada pela Anna Kuhl. Formada em Produção Audiovisual pela UFSCar, hoje atua como figurinista, cenógrafa, diretora de arte e orientadora de oficinas para adolescentes e adultos. Sua experiência abrange projetos de teatro e audiovisual, como Después (Núcleo Fuga), A cidade do Entre (Coletivo Onírico), Grupo Matula Teatro, e Imago – Uma lua n’água, Passagens e O Artista da Fome. (para saber mais, visite o seu portfólio).

A oficina deu se inicio às 14h e contou com a presença de 25 participantes. No primeiro dia, foram expostos conceitos da direção de arte, etapas de trabalho e áreas criativas tais como figurino e caracterização. Partindo da ideia de direção de arte como criação da linguagem plástica da história, Anna Kuhl defende a importância da existência de uma coerência conceitual na área, formado a partir de justificativas do diretor, que podem envolver o seu repertório, referências e observações feitas do cotidiano. Depois, comentou sobre algumas habilidades importantes para um profissional da arte, tais como desenho, design gráfico, habilidades visuais, conhecimento das linguagens do mercado, formação humana, e noções de produção. Ao final, foram realizados exercícios práticos de desenho, envolvendo observação e aplicação de técnicas.

No dia seguinte, a atividade foi inteiramente prática, com exercícios de mapeamento técnico, exposição de storyline e execução de um mini projeto de arte trazido pelos alunos, que foram discutidos em grupo e implementados em sala, com a ajuda da oficineira.

 

 

Author Image

RUA

RUA - Revista Universitária do Audiovisual

More Posts