Drive My Car (2021), de Ryusuke Hamaguchi

Drive My Car (2021), de Ryusuke Hamaguchi

administrator8 de fevereiro de 20226 min read
A superação de ausências e o renascimento do ser.
Os 20 Melhores Filmes de 2021

Os 20 Melhores Filmes de 2021

RUA31 de janeiro de 202218 min read
No último dia de janeiro, é chegada a hora de recapitular o que o cinema teve de melhor a nos oferecer no ano anterior. Confira os 20 melhores filmes de 2021.
tick, tick… BOOM! (2021), de Lin-Manuel Miranda

tick, tick… BOOM! (2021), de Lin-Manuel Miranda

administrator21 de janeiro de 202210 min read
Um filme musical ou um espetáculo teatral? Ambos? Nenhum dos dois?
Pânico (2022), de Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett

Pânico (2022), de Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett

administrator17 de janeiro de 20227 min read
O quinto filme da franquia de Pânico chega com uma nova dupla de diretores e protagonistas inéditos. Na busca pela reconstrução de crimes do passado, um assassino mascarado novamente assombra a cidade de Woodsboro e convida Sidney Prescott, Gale e Dewey a retornarem para ajudar as irmãs Carpenter.
Matrix Resurrections (2021), de Lana Wachowski

Matrix Resurrections (2021), de Lana Wachowski

Luís Gongra24 de dezembro de 20216 min read
Uma história de amor e de fantasmas.

Os 20 Melhores Filmes de 2021

No último dia de janeiro, é chegada a hora de recapitular o que o cinema teve de melhor a nos oferecer no ano anterior. Confira os 20 melhores filmes de 2021.

Continue reading

Pânico (2022), de Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett

O quinto filme da franquia de Pânico chega com uma nova dupla de diretores e protagonistas inéditos. Na busca pela reconstrução de crimes do passado, um assassino mascarado novamente assombra a cidade de Woodsboro e convida Sidney Prescott, Gale e Dewey a retornarem para ajudar as irmãs Carpenter.

Continue reading

O melodrama em discussão na obra de Elia Kazan: Vidas Amargas (1955)

Por Ana Vitória O melodrama, cuja definição vem da junção de música (melos) com drama, tem sua origem no teatro. Popularizando-se na França, a partir do século XVIII, as tramas passionais que compõem o gênero caracterizam-se por sua capacidade adaptativa. A versatilidade do melodrama advém principalmente do contexto social em que determinada obra é realizada,…

Continue reading

DOSSIÊ “TUDO É BRASIL”

As representações de Umbanda e Candomblé no Cinema brasileiro setentista enquanto metáfora das identidades nacionais.

Por Vinicius Chimirri Fotograma de Tenda dos Milagres (Nelson Pereira dos Santos, 1977) Analisar as concepções do que é nacional e popular no cinema brasileiro é, como pontua Jean-Claude Bernardet e Maria Rita Galvão, realizar uma observação dos fundamentos ideológicos da sociedade brasileira e notabilizar percepções sociais utilizadas pelos agentes do campo cinematográfico. Na primeira…

Continue reading